1 Cão mimado manda no dono


   
Ao longo dos anos, os cachorros ganharam a fama de melhores amigos dos homens. Porém, atualmente, estes animais estão deixando de ocupar essa posição para serem tratados como filhos, netos, irmãos... Não é verdade? Mimar o bichinho é bom, mas é preciso ter cuidado, pois o excesso de carinho pode fazer mal para a saúde dele. 
   
A causa principal das travessuras dos cães é a abordagem equivocada de seus donos, que os criam como se fossem gente, pensam que os bichos gostam de roupas, sapatos e comida de humanos. Quando o animal é tratado como o centro das atenções, passa a não admitir a hipótese de ficar sozinho. Passa a querer ser alimentado antes de todos, começa a andar na frente dos donos durante os passeios ou se torna ciumento. Como resultado, algumas pessoas se tornam escravas dos bichos. 
   
Os cachorros já possuem um instinto de liderança e costumam ambicionar o poder na matilha. Em muitas casas, acabam se tornando os chefes. Isso acontece porque ficamos com dó e satisfazemos todos os desejos do pet. E o animal, que já tem uma tendência a mandar, acha que está no comando. Quando o “desobedecemos”, ele reage instintivamente, ou seja, tentando se impor como líder e, consequentemente, sendo mais agressivo.
   
Tanto na parte física quanto na psicológica, há como tentar corrigir os maus hábitos. Mas, para tanto, o cachorro precisará passar por uma reeducação. É necessário trabalhar o aspecto psicológico do animal. Tudo isso sem agressão física e, sim, mostrando os limites. Para todos.

Um comentário :

  1. Olá!!! Estou adorando seu blog!!!

    Eu tenho uma cachorrinha SRD, que veio assim que comecei a ter fobia social.Por eu quase nao sair de casa e qdo sair levá-la comigo, hj ela nao fica em casa sozinha de jeito nenhum...Faz um escandalo danado e incomoda os vizinhos do apto.
    Ela é mimada...

    Um grande abraço!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Beauty Rock © - Todos os direitos reservados. Design por Adália Sá . Tecnologia do Blogger