19 Jeito Headbanger de Ser

  
  
Então o que é um headbanger? Essa pergunta pode ser respondida de forma grosseira, headbanger é um metaleiro ou pessoa que gosta de metal, não o mineral e sim o estilo de música. Essa resposta não está errada mas a sociedade enxerga os headbangers de forma errada e generalizada. O termo metaleiro foi adotado pela mídia na época do Rock in Rio I para nomear todo e qualquer rockeiro que venha a usar preto, se não me engano em Portugal eles chamam os headbangers de metaleiro também. 

Preconceito é o que mais ocorre com esse grupo. Você já deve ter reparado que em muitas novelas e filmes adolescentes, o vilão da história sempre é o "cara com jaqueta de couro ou blusa de banda". Quando não são vilões, são colocados como idiotas, baderneiros ou drogados. E no caso das meninas, em muitos filmes, surge uma adolescente revoltada e tratam logo de vesti-la com roupas escuras, se tornando uma delinquente e no fim do filme ela se regenera e volta a ser uma menina "normal".

     
É essa a visão da mídia quanto a esse grupo, isso quando eles não definem como "adoradores do Demônio". Pra quem vive esse estilo ou o conhece de perto, sabe que essa visão está muito longe da realidade.

A origem do estilo surgiu com o sucesso de bandas como Black Sabbath e Deep Purple no fim dos anos 60, no auge do movimento hippie, tanto que as primeiras bandas de Heavy Metal tinham um visual bem parecido com os hippies, com seus cabelos longos e roupas confortáveis. Mas se destacavam por ter um som bem mais pesado que fazia com que seus fãs balançassem a cabeça de forma insana. O nome headbanger foi inicialmente enfatizado pelos Ramones, em uma canção chamada Suzy Is A Headbanger. Com o movimento punk em alta, a Revista de Rock inglesa "Sounds", associou a nova gíria ao comportamento dos fãs da nova vanguarda do heavy metal, criando assim o nome do movimento. 



Quanto ao visual começamos pelo chamado "old school" que é composto de camiseta preta de banda, calça jeans rasgada ou preta, tênis cano alto, geralmente branco, e acessórios como um colete feito a partir de uma jaqueta jeans, geralmente com patches de bandas, cinto e braceletes. Em épocas de clima frio, jaquetas de couro ou jeans com "patches" também fazem parte do visual. Rob Halford, da banda de heavy metal Judas Priest inventou um visual de couro com rebites para os metalheads. Halford viu que os hippies nada tinham a ver com o heavy metal, e inspirado pelas casas noturnas inglesas, e vendo a polêmica que o heavy metal criou, adotou um visual fetichista. Muitos headbangers adotaram partes do visual de couro com rebites de Rob Halford, como as correntes, spikes, gargantilhas, cintos de pirâmides entre outros pois este dão uma certa agressividade ao visual.


Já no fim dos anos 80 e início dos anos 90, com a ascensão de vertentes como o doom metal, gothic metal e o black metal vindos da Europa, principalmente da Escandinávia, tornou-se popular o uso de coturnos e sobretudos. Os coturnos são muito populares entre os headbangers. O cinto de balas, a calça camuflada  e os coturnos, são acessórios que remetem ao militarismo.


Por fim, os cabelos compridos, casacos de couro, coletes que podem ser de couro ou jeans, patches de bandas de metal, roupas pretas, entre outros acessórios ajudam a promover um sentido de identificação na subcultura. E diferente do que pensa a maioria das pessoas que não conhecem o estilo, nem todo headbanger é satanista, isso é o mesmo que dizer que todo torcedor de uma torcida organizada é um brigão e possível assassino, porque já houveram casos de violência e até morte em estádios. 



Existem sim as bandas satanistas ou que abordam temas demoníacos em suas músicas são em grande maioria bandas de Black Metal. Eles fazem parte de um  grupo bem fechado e são convictos em relação à sua ideologia, mas entre os headbangers existem muitos que não são satanistas mas gostam do som das bandas de Black Metal, assim como algumas bandas que não praticam a adoração e sim utilizam a temática. Mas assim como existem os satanistas, existem os cristãos e suas bandas de White Metal. Esses dois grupos embora bastante expressivos e o número de fãs aumente a cada dia, ainda estão em menor número entre os headbangers. 


Normalmente as bandas de metal não se auto-intitulam por religião e sim por vertentes dentro desse estilo. Na letra das músicas dessas bandas são adotados os mais diversos temas, em muitos casos são belíssimas histórias, com temas que podem ser fantasia, terror, guerra, magia, mitologia e até mesmo amor. E nessas letras em muitos casos vemos que existe o bem e o mal, assim como em filmes o mal tem que ser retratado. Mas para a mídia falar a palavra Demônio em uma música já rotula a banda como satanista.


Headbangers não são malucos, idiotas, marginais ou drogados. Alguns podem até ser, mas grande maioria trabalha, tem família e são pessoas bastante inteligentes que merecem respeito. 



19 comentários :

  1. Seu texto ficou maravilhoso, super completo!
    Tbm sofro esse preconceito e ninguém se interessa em saber como somos.
    Uma pena, eles é que saem perdendo.
    Bjão Carlinha

    ResponderExcluir
  2. Meu namorado é assim headbanger total, meu pai odeia chama ele de vagabundo. E olha que ele trabalha, heim
    Mandou muito bem no post!

    ResponderExcluir
  3. Excelente post!
    O povo ignorante tem q ler esse texto.
    Bjo

    ResponderExcluir
  4. Ameiii Carlinha o post e adorei ter sido convidada para fazer parte dele.Post super completo e dando um belo tapa na cara de muita gente que critica sem ao mesmo conhecer o estilo e não é só um estilo é um jeito de viver a vida..
    Amo seu blog e muito obrigado por ter sido a escolhida pro post
    Beijãoooo

    ResponderExcluir
  5. Achei interessante como vc abordou a evolução do estilo, a adição de novos elementos com o passar do tempo.

    Uma coisa que eu sempre penso é que é possível manter o estilo de forma dosada e sutil, sem necessariamente precisar andar de preto e coturno todo dia, o que nós sabemos bem que traz alguns problemas, como o preconceito. Pelo menos esse é o meu desafio diário, porque minha profissão não permite que eu me vista dessa forma. Acho que a identidade de cada um pode estar também refletida nos pequenos detalhes, que podem ser um rebitezinho aqui, uma caveirinha ali, uma pulseirinha de tachinhas acolá, um cabelo mais escuro, alguns vários furinhos nas orelhas... os menores detalhes tbm dizem mta coisa.

    Enfim, gostei mto do post. Tenho acompanhado o blog tem um tempo, e tenho gostado mto do que encontro aqui. Parabéns pelo trabalho de vcs =)

    ResponderExcluir
  6. HeadBanger é vida, manoooo....principalmente alguns, hehe.

    Adoro esse estilo, só não o faço por falta de grana pra comprar as roupas #chora


    Bjsss.

    ResponderExcluir
  7. EXCELENTE!

    É incrivel mesmo como ma menina marginal/puta sempre se veste de preto e faz um estilo "rocker"

    triste =/

    Te seguindo aqui



    makeuprocker.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. tipo eu curto banda de rock desde pequeno mais eu nao sabia o nome das bandas, foi conhecendo uma banger q eu descobri o q era o rock. mais eu nao gosto de sair todo de preto eu adoro com todas as minhas forçar o estilo rock mais eu nao consigo me adaptar a cor preta calças de couro, coturno e etc.

    ResponderExcluir
  9. aeew sim heim...seria bom si todo o mundo pudesse ler isto... deixe me citar um trecho:

    Headbangers não são malucos, idiotas, marginais ou drogados. Alguns podem até ser, mas grande maioria trabalha, tem familia e são pessoas bastante inteligentes

    ja me chamaram no meio da rua de louco ou drogado, e as pessoas sempre q me vem sozinho ou com algum amigo atravessao a rua ou passam mto longe... mano eu trampo, tenho pai mae irmao irma madrasta etc, e ja li um estudo q dizia q nós q ouvimos rock somos em media 30% mais inteligentes q o resto da população pois nos temos o interesse de ler e aprender sobre a banda/cantor q gostamos, assim aprendendo mais e etc......

    mas esse texto aew fico mto bom vlws...td certin

    (curto Heavy Metal, Thrash metal, e rock em geral...)
    gamei na foto do black sabbath
    by: lukejohnson73@hotmail.com

    ResponderExcluir
  10. pois eu tbm sofro muito preconceito com meu estilo e gosto musical,eles tem uma imagem ruim sobre nós?...eu quero que se-dane nunca me importei com com a opnião desses tipo de gente msm,então foda-se pois somos headbangers e morreremos headbangers!\m/(. .)\m/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. concordo contigo esses fdp que vão se ferrar

      Excluir
  11. É SÓ POR O SOM NA CAXA E DEIXA ROLA

    ResponderExcluir
  12. eu tambem sofro muito preconceito por ser um headbanger mas não ligo sigo em frente normalmente.fico otimo seu texto sem falhas,as vezes a sociedade quer enxergar só o que elas acham certo mas nos tambem fazemos isso mas de um geito melhor e mais compreencivo.
    é para os sem cultura aprenderem.beijs

    ResponderExcluir
  13. achei interessante mostrar aos ignorantes o que é o verdadeiro rock
    é algo que hoje em dia so quem tem forte pensamento entende
    que as pessoas normais nunca vão entender.eu como headbanger sofro muito preconceito mas sigo em frente
    vou divulgar sua pagina.beijs

    ResponderExcluir
  14. aiai... saudades do tempo que aqui na minha cidade tinha bar de rock com show todo mês, onde a gente ia bater cabeça e ouvir uma boa música :)
    hoje em dia só vem sertanejo ou funk pra essa joça ¬¬

    ResponderExcluir
  15. Head and the best woman bangers. Parabêns gata ficou demais

    ResponderExcluir
  16. Parabéns irmão.
    Belas palavras. Nada disso é mentira. Tudo o q voce falou. JA.vinheram pessoas dizendo q sou isso.
    eu gosto de andar de preto calça rasgada Jjaqueta jeans minha cachaça e meu som.
    eles nao tem direto de falar nada. Pois ninguém rouba é com o dinheiro do nosso suor que compramos nossas.coisas.
    tenho minha namorada ela curte metal,.sou headbanger com orgulho. E batalhou para ter minhas coisas sem precisar de ninguem. Curto meus metal satânico mas nao sou satanistas. O.Brasil é cego.
    enquanto as pessoas roubam para sobreviver eles sao bem visto pelá sociedade. Enquanto nós q trabalhamos e.compramos nossas próprias coisas somos os mau exemplos.
    nao entendo

    ResponderExcluir
  17. Faltou citar uma coisa e acho que uma das principais que faltou hein NEM TODO O HEADBANGER,INDEPENDENTE DE SER HOMEM OU MULHER, TEM Q SAIR POR AI VESTINDO SEMPRE ROUPINHA DE BANDA OU SE PARECER COM BONECO DE VITRINE DE MODA DARK...nao precisamos sair vestindo coturnos nem roupinhas militaristas ,ou usando cintos epalhafatosos,so precisamos ter o direito de escutar e gostar daquilo que admiramos sem represaria ou preconceito.

    ResponderExcluir
  18. Tem um livro muito bom sobre esse tema, se chama Minha namorada é headbanger.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Beauty Rock © - Todos os direitos reservados. Design por Adália Sá . Tecnologia do Blogger