1 Métodos de Depilação

  
Continuando esse tema que de cara já dá arrepios na gente, e apesar da prática ser muito comum atualmente, ainda gera muitas questões e cuidados.
  
É muito fácil encontrar quem nos faça a depilação, principalmente aquela à base de cera, pois os salões de beleza geralmente oferecem esse tipo de serviço. Mas tome o cuidado de certificar-se de que a cera é descartável, afinal, quem arrisca ter a cera usada para fazer a virilha ou ânus de alguém no seu buço.
  
O hábito de se depilar faz com que sua pele esteja sempre macia e hidratada, proporcionando uma agradável sensação de bem estar e limpeza. Pelos em excesso, além de antiestético, estimulam a transpiração.
  
Hoje em dia, existe uma série de métodos para remover os pelos indesejáveis. Abaixo lhes apresento uma lista com diferentes tipos de depilação. Espero que ajudem  a escolher o método que melhor se adapte às suas características.


Cera quente

Entre os métodos mais usados para arrancar os pêlos, a cera quente pode ser colocada no topo do ranking. Ela desbancou a cera fria, por ser um procedimento menos dolorido: a temperatura elevada do produto garante a abertura dos poros, facilitando a retirada dos pêlos. Cuidado que deve ser redobrado por quem arrisca fazer o método em casa.
É sempre importante, tanto para depiladoras profissionais como para quem faz a depilação em casa, testar a temperatura da cera antes de aplicá-la. 


Cera fria

Atualmente é o método menos utilizado, pois é um dos métodos que mais agride a pele. Na maioria das vezes, a cera fria é utilizada em casa. A mistura é comprada pronta, passada em papel celofane, aquecida com as mãos e espalhada pelas áreas com pêlos. Para acabar com eles, basta puxar o papel. A dor, porém, não é tão sutil.


Lâmina
Método indicado para situações de emergência, já que os pêlos voltam a crescer em dois ou três dias. É também o maior causador de pêlos encravados, foliculite (inflamação ou infecção do poro por onde o pêlo sai, chamado de folículo piloso) e manchas em áreas como virilha e axilas.
Apesar da praticidade do procedimento, as lâminas exigem cuidados especiais. Se forem de uso prolongado, precisam ser esterilizadas a cada uso. Para isso, lave-as com água fervente e as deixe secar ao sol.


Cremes depilatórios

Com resultados parecidos com os das lâminas, os cremes depilatórios também não arrancam os pêlos pela raiz, apenas dissolvem a parte externa deles . Só fique atenta à composição do produto, normalmente bastante tóxicas. Não deixe de fazer o teste indicado na embalagem antes de espalhá-lo por toda a pele. Muitas pessoas são alérgicas a esses cremes.


Depilação a laser

Para quem quer se livrar para sempre do incômodo de arrancar os pêlos, a alternativa é a depilação a laser. A técnica mais recente é feita com o aparelho Laser Light Sheer, eficaz também para pessoas com pêlos claros e de pele morena ou negra. O laser à luz pulsada não funciona nesses casos.
Quem deseja recorrer ao laser, basta abandonar qualquer tipo de depilação com cera um mês antes e, no caso das lâminas, três a cinco dias. É preciso deixar os pêlos crescerem, para verificar em que direção isso acontece. Na prática, os pêlos são raspados e a pele higienizada. A seguir, a esteticista aplica gelo e anestésico nos locais que vão ser depilados.

Um comentário :

  1. Meu preferidos são os cremes.
    Não doem e são super práticos!
    Bjss

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Beauty Rock © - Todos os direitos reservados. Design por Adália Sá . Tecnologia do Blogger